março 2020 Senado dos EUA se compromete a ajudar aeroportos com US$ 10 bi

O Senado dos EUA se comprometeu a ajudar os aeroportos do país com US$ 10 bilhões, em função dos impactos da Covid-19 sobre o setor aéreo. Este valor, inserido no pacote de apoio de US$ 2 trilhões à economia americana, cobre parte das perdas dos aeroportos com a brusca redução das viagens de avião em território americano, estimadas até aqui em US$ 14 bilhões.

Em resposta à sinalização do Legislativo americano, o CEO da ACI América do Norte (ACI-NA), Kevin M. Burke, disse que “toda a indústria aeroportuária está extremamente grata que o Congresso e o governo Trump tenham avançado para ajudar a compensar” parte das perdas deste ano – a ACI-NA previu uma queda de 73% no tráfego de passageiros, entre março e junho (o que equivale a uma queda de 53% na primeira metade do ano) e de 37% nos passageiros no ano inteiro, em comparação com os níveis previstos para 2020.

Este ano, os aeroportos dos EUA deverão apresentar receitas operacionais de cerca de US$ 12,3 bilhões – metade do resultado previsto. Além disso, por conta do coronavírus, deverão ter um aumento dos custos operacionais, com procedimentos de limpeza e saneamento, equipe extra e treinamento.

Em outra frente, o IAADFS – entidade que reúne os duty free americanos – pediu aos aeroportos que perdoassem os pagamentos mínimos de garantia das lojas. Já os comerciantes presentes nos aeroportos também estão pleiteando redução de aluguéis.

Associados Dados do setor Contato

SHS Quadra 06,
Complexo Brasil 21
Torre A, Sala 207
Asa Sul, Brasília
CEP: 70.316-102
Telefone: (61) 3039-9561

Sigam-nos!
© 2019 ANEAA - Todos os direitos reservados